Entrevista com a escritora Tathiana Lopes

Venha descobrir um pouco mais dos bastidores criativos do livro "Os pulos do coração de Olivia"(Tigrito 2022)

1) O livro tem elementos simbólicos muito marcantes: a casa, o mar, a menina. Como foi a escolha destes elementos? A história de Olivia surgiu de uma experiência pessoal? A história é inspirada e construída a partir de experiências pessoais. O lugar, a casa onde comecei a escrever essa história existem. Observar o crescimento da minha filha Olivia e como ela vem se relacionando e elaborando as emoções que os ritos de passagem nos despertam, a chegada do Benny em nossas vidas. Foram inspirações para o enredo. Tem um pouco de mim também nessa menina. E a casa, o tempo, o Benny, são elementos que foram se entrelaçando enquanto eu escrevia e que transformo em personagens, utilizando desses símbolos como metáforas para representar as emoções da menina. 2) Como foi a sua aproximação com a literatura para infância? Você consegue identificar o momento que sentiu que a sua história poderia se tornar um livro? Fui muito incentivada e estimulada pela minha mãe na infância, que me presenteava com livros, teatro, cinema, com experiências que influenciaram diretamente minha relação com a leitura, e com o que faço hoje. E eu já criava histórias com a Olivia, desde muito pequenininha, histórias inventadas que ela me pedia para contar todas as noites antes de dormir. Mas essa foi a primeira história que escrevi. Estávamos em Corumbau, eu, minha filha, meu marido, a casa e o tempo. Fui completamente tomada pelo lugar e por como o tempo acontecia diferente ali. E como esse tempo aguçava meu poder de observação. Saí de lá com um rascunho dessa história. Mostrei para algumas pessoas próximas, que me estimularam a escrever mais. Foi quando reconheci a possibilidade continuar escrevendo. A partir daí vieram muitas outras histórias, não só infantis. Venho escrevendo desde então. Tudo isso estimulou em mim o desejo de fazer o livro. 3) Os pulos do coração de Olivia é o seu primeiro livro para crianças e uma estreia geralmente envolve muitas escolhas, pesquisa e edição. A história é contada através de um texto rimado - é uma narrativa poética - como foi o processo da construção de sua escrita? Como foi a escolha por este formato? A história nasceu primeiro como texto em prosa, e foi se transformando em verso por estímulo e incentivo de um mestre, o Juva Batella, que acompanhou minha escrita, o processo de construção do livro e a preparação do original por pouco mais de um ano. Assim fui transformando a história em estrofes de quatro versos com rimas no segundo e no quarto para trazer mais ritmo e musicalidade para texto, tornando a história mais lúdica para as crianças. 4) A personagem Olivia vive diversos encontros, com o tempo, com o inesperado e consigo mesma. Como o leitor poderá se identificar com Olivia? Acredito que o leitor, tanto a criança como o adulto vai se identificar com a Olivia, quando reconhecer as emoções e como elas estão representadas em cada situação vivida pela menina nessa história. 5) O que faz o seu coração pular? Tantas coisas fazem meu coração pular. Essa estréia na literatura é uma delas. Meu coração tem pulado bastante! As lembranças que resgato quando leio essa história também fazem meu coração pular! E quando vejo os olhos da Olivia cheios de emoção agarrada ao livro, meu coração dá cambalhotas!




3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo